+55 (47) 3036.7700

contato@teclogica.com

Manutenção preditiva na indústria: saiba todos os benefícios!

Teclógica > Blog > Serviços sob medida > Manufatura > Manutenção preditiva na indústria: saiba todos os benefícios!
05/08/2022

Fazer a manutenção preditiva dos equipamentos é fundamental para manter o bom funcionamento de qualquer indústria. Quando realizado de forma estratégica e periódica, a fábrica consegue melhorar a produtividade reduzindo custos.

Isso porque, manter equipamentos parados e em estado de defasagem é prejudicial tanto para o lucro da empresa quanto para o processo de fabricação. Já que um maquinário com defeito pode atrasar toda a cadeia produtiva.

Porém, é preciso planejar as manutenções de forma que não causem despesas desnecessárias à empresa e não mantenham os maquinários fora de uso em momentos críticos.

Para saber mais sobre como a manutenção preditiva beneficia as indústrias, continue lendo o artigo!

O que é manutenção preditiva?

A manutenção preditiva é uma atividade de supervisão rotineira. Nela, são observados o desempenho e o estado do maquinário e dos equipamentos, visando reduzir falhas e extravios.

Com esse tipo de monitoramento, é possível reduzir custos e tempo gasto com reparos, além de imprevistos causados por desgastes ou configurações erradas. Esse tipo de problema resulta em paradas de emergência, que impactam em todo o processo operacional e, por isso, deve ser evitado.

Além disso, estruturar uma rotina de manutenções auxilia a economizar orçamento com peças de reposição e suprimentos. Isso porque, atuando de forma pró-ativa é possível evitar inúmeros danos ao equipamento.

Qual a diferença entre manutenção preditiva e preventiva?

Ambos os tipos de manutenção, preditiva e preventiva, visam anteceder maiores gastos e perda de tempo devido à falhas nos equipamentos. Porém, existem diferenças entre elas:

  • Preditiva: a manutenção preditiva monitora constantemente as condições dos equipamentos, visando antecipar ajustes que precisam ser feitos.
  • Preventiva: esse tipo de manutenção leva em conta determinada periodicidade de tempo para troca de componentes e configurações no maquinário. Portanto, não depende das condições encontradas no equipamento.

Como é feita a manutenção preditiva?

Para realizar as manutenções preditivas, além da inspeção visual, é necessário trabalhar com base em dados coletados por sensores. Informações como temperatura, vibração, análise de óleos e termografia podem auxiliar num diagnóstico mais assertivo sobre as condições da máquina.

Dessa forma é possível definir condições alerta para orientar a tomada de decisões. Tendo maior conhecimento sobre o estado do maquinário, pode-se, por exemplo, identificar se ele está superaquecendo e agendar uma manutenção corretiva para resolver esse problema.

Também é possível identificar rapidamente se determinado equipamento está falhando com mais frequência e, com isso, analisar o que pode ser feito para resolver esse problema.

Quais os benefícios da manutenção preditiva? 

Antecipar a manutenção do maquinário

Sabendo as condições ideais e as apresentadas pelo maquinário, fica mais fácil identificar quando as manutenções preventivas serão necessárias. Assim é possível estar sempre um passo à frente e antever a degradação dos equipamentos, trazendo mais escalabilidade para a fábrica diante de imprevistos.

Diminuir as falhas na cadeia produtiva

Ao garantir que o maquinário está trabalhando nas condições adequadas, evita-se que  a cadeia produtiva seja afetada por falhas. Isso porque a velocidade, força e precisão do equipamento estarão de acordo com a demanda necessária para aquela determinada fabricação.

Do contrário, trabalhar com um equipamento falho, muito lento ou até rápido demais acabará afetando a produtividade da equipe e dificultando o desenvolvimento dos fluxos de produção.

Reduzir as paradas emergenciais

Com a manutenção preditiva, a fábrica converte as paradas inesperadas em paradas planejadas, que demandam menos tempo de inatividade e são mais efetivas para resolver problemas de forma rápida e organizada.

Com isso, a disponibilidade dos equipamentos é otimizada, contribuindo para melhor produtividade e eficiência operacional.

Aumentar a vida útil dos equipamentos

Com o monitoramento é possível, também, prolongar o tempo de vida útil de um equipamento. A utilização de peças e componentes também é melhor gerenciada, pois a viabilidade das trocas é analisada antes de uma tomada de decisão, evitando gastos desnecessários.

Agora você já conhece a importância de investir em manutenção preditiva na sua fábrica. Para realizar esta atividade, é fundamental contar com plataformas tecnológicas que permitam acompanhar e gerenciar o chão de fábrica de maneira assertiva e colaborativa.

Conheça os benefícios de contar com um sistema em nuvem no nosso e-book gratuito: Sistema em nuvem: criando resiliência operacional para fabricantes.  

*Assinado por: Aloisio Arbegaus, Diretor Comercial da Teclógica

pop up t18