+55 (47) 3036.7700

contato@teclogica.com

Gente e gestão: o que é e como aplicar esta área na empresa?

Teclógica > Blog > Comunicação > Gente e gestão: o que é e como aplicar esta área na empresa?
Gente e gestão
06/08/2021

Fazer uma gestão de pessoas efetiva é um desafio dentro das empresas. Com o crescimento das redes sociais, se fala cada vez mais sobre bem estar e problemas emocionais como ansiedade e depressão, que estão muitas vezes ligados ao estresse enfrentado no trabalho. É nesse contexto que entra em cena o termo Gente e Gestão (G&G).

Cabe ao setor de Gente e Gestão analisar e aplicar estratégias para aprimorar as equipes, focando nas hard skills e soft skills dos seus colaboradores, levando em consideração o engajamento, o bem estar e a saúde de cada um.

Uma pesquisa do Great Place to Work mostrou que durante a pandemia, as empresas perceberam a importância de focar nas pessoas. 

Segundo a pesquisa, a flexibilização da estrutura de trabalho foi o maior desafio da gestão de pessoas neste período, mas a comunicação interna, o estímulo à mentalidade digital e a criação de iniciativas para a saúde mental também apareceram na lista.

Para entender mais sobre o que faz o setor de Gente e Gestão e quais os desafios que envolvem os profissionais deste ramo, continue lendo o post!

O que significa Gente e Gestão?

O setor de Gente e Gestão é o responsável por todo RH de uma empresa. Desde o recrutamento até o encerramento do contrato de trabalho, essa área fica encarregada tanto da parte burocrática, quanto do fator humano de todo o ciclo que os colaboradores passam dentro da empresa.

Compete ao G&G ver os colaboradores como mais do que empregados, mas como pessoas. Cada colaborador tem grande influência nos resultados da empresa, pois além de fazer parte dos resultados e produtividade também pode tornar-se embaixador ou antagonista da marca, impactando na sua reputação.

Como pessoas, os funcionários tendem também a ter sua produtividade impactada por problemas de âmbito pessoal ou sentimento de desvalorização no trabalho, e estes são alguns dos focos onde o setor precisa atuar.

Os profissionais que atuam em Gente e Gestão precisam analisar, junto dos gestores, os pontos fortes e pontos de melhoria de cada colaborador. Além disso, precisam pensar em ações para unir as equipes, fazendo com que os times sejam mais efetivos e que o trabalho seja o mais produtivo possível. 

Quais atividades envolvem o setor de Gente e Gestão? 

O setor de Gente e Gestão é considerado o futuro do Recursos Humanos. Enquanto o RH atua de forma estratégica no alcance das metas e serve de apoio em todos os setores para suprir as necessidades dos colaboradores para alcançar essas metas, o setor de Gente e Gestão, além de acumular as funções do RH, atua no desenvolvimento pessoal de cada colaborador

Desde a gestão de documentos pessoais, recrutamento e seleção, até a parte de departamento pessoal. Tudo isso não esquecendo de definir metas, planejar e acompanhar os resultados. Veja algumas das atividades que envolvem o setor de Gente e Gestão.

Intraempreendedorismo

Isso diz respeito ao empreendedorismo interno de uma empresa. Ou seja, dedica-se a otimizar os processos já existentes no ambiente corporativo. Levando em consideração ideias trazidas dos colaboradores.

Essa tarefa é muito focada em gestão estratégica, levando em consideração os gargalos processuais e as habilidades que cada um possui ou pode desenvolver para cumprir as demandas necessárias, sem precisar de novas contratações.

Retenção e capacitação de talentos

Mais do que apenas contratar novos colaboradores, o Gente e Gestão precisa considerar dar oportunidade para as pessoas que já fazem parte do seu time. Isso pode ser feito oferecendo programas de treinamento, incentivando o desenvolvimento profissional e dando feedbacks construtivos, ou seja, que incentivem o desenvolvimento de hard skills.

Ações de engajamento

Independente do tamanho da empresa, ao time de Gente e Gestão também cabem ações de comunicação interna e engajamento, sempre levando em consideração o bem estar dos colaboradores.

Nesse contexto também é fundamental incentivar a criatividade e o trabalho em equipe dos times, assim, eles se tornarão mais propensos a pensar fora da caixa e trazer novas ideias. É preciso trabalhar para não ter equipes desmotivadas e descomprometidas com a empresa.

Liderança

Cabe ao setor de Gente e Gestão promover treinamentos de liderança para os gestores, assim será possível alcançar o melhor desenvolvimento das equipes. Líderes precisam motivar seu time, valorizando as habilidades de cada um.

Comunicação e transparência

A comunicação transparente por parte da empresa é um dos fatores essenciais para criar um clima organizacional positivo e evitar que corram boatos e preocupações entre os colaboradores.

Depois do início da pandemia, quando as empresas precisaram migrar para o trabalho remoto, o foco em comunicação transparente precisou aumentar. Segundo pesquisas, 74% das empresas comunicam internamente as principais decisões que afetam o trabalho dos funcionários através de seus canais de comunicação. 

O papel do Gente e Gestão

Como falamos, o setor de G&G tem muita importância na valorização das pessoas dentro da empresa, não só no presente, como também no futuro. 

Com a aplicação de feedbacks construtivos é possível alcançar times de alta performance e colher os resultados a curto, médio e longo prazo. Para isso é preciso implantar uma cultura de valorização das pessoas que esteja alinhada com os valores da empresa.

Além disso, com ações contínuas focadas em bem estar e engajamento, a empresa consequentemente também está impulsionando o employer branding. Os colaboradores tornam-se mais engajados e possíveis embaixadores da empresa, impactando positivamente a reputação da marca perante outras pessoas. Para saber mais sobre employer branding acesse nosso artigo.

Assinado por: Aloisio Arbegaus, Diretor Comercial da Teclógica