+55 (47) 3036.7700

contato@teclogica.com

Impressão 3D: como agilizar o processo de fabricação

Teclógica > Blog > Serviços sob medida > Manufatura > Impressão 3D: como agilizar o processo de fabricação
impressão 3d
10/09/2021

A indústria 4.0 trouxe consigo diversas inovações para os processos de fabricação. Nesse cenário, uma tecnologia que ganha destaque é a impressão 3D.

Além de permitir a redução de diversos custos e de tempo gasto na produção, é possível também minimizar inúmeras falhas com esse recurso, sendo uma ferramenta essencial no contexto de constante transformação que estamos vivendo.

Quer saber mais sobre a impressão 3D, suas vantagens e o papel da tecnologia nos processos industriais? Continue a leitura deste artigo.

O que é a Impressão 3D?

A impressão 3D parece uma solução bastante atual mas, na realidade, o primeiro equipamento capaz de imprimir objetos a partir de um desenho digital foi criado em 1984, pelo engenheiro Chuck Hull.

Conhecida como estereolitografia (SLA), a primeira versão da tecnologia tridimensional de impressão funcionava a partir da sobreposição de camadas finas de resina líquida, que se solidificam após reagirem com as luzes ultravioletas.

Dois anos depois, outra tecnologia passou a utilizar um material em pó para a criação das camadas, a chamada sinterização seletiva a laser (SLS). Já o modelo mais utilizado atualmente, a Fused Deposition Modeling (FDM), foi criado em 1989.

O modelo FDM trabalha a partir da fusão de um filamento sólido, que geralmente é um material termoplástico. Assim, produz objetos camada por camada, a partir de um projeto.

Também chamada de manufatura aditiva, a impressão 3D passou um tempo considerável com seu uso bastante restrito por conta da tecnologia patenteada, sendo as grandes empresas e centros de pesquisas os que mais utilizaram esse modelo de impressão.

Código aberto e novos modelos

A partir do vencimento da patente da FDM, em 2009, houve uma abertura que possibilitou a criação de um kit com todas as partes necessárias para a construção de uma impressora 3D mais econômica, chamada de Cupcake.

Esse movimento de código aberto possibilitou também uma colaboração maior de pesquisadores e usuários, que juntos passaram a aperfeiçoar ainda mais a tecnologia.

Hoje, a impressão 3D já possui um mercado estabelecido e com uma expectativa de movimentação financeira de 32,78 bilhões de dólares até 2023.

A indústria é a principal utilizadora dessa tecnologia inovadora, já que a técnica 3D de impressão apresenta diversos benefícios para o processo de fabricação e manutenção industrial.

Qual o impacto da tecnologia de impressão 3D no processo produtivo?

A impressão 3D está sendo aplicada em diversos setores por ser uma tecnologia bastante adaptável. No processo produtivo ela tem facilitado o trabalho nas fábricas, principalmente nas linhas produtivas com produção enxuta.

No geral, a cadeia produtiva gera um acúmulo de resíduos e envolve uma série de custos, que podem ser minimizados com o uso da técnica de impressão em três dimensões.

Isso torna tudo mais inteligente, customizado e atende tanto às necessidades da indústria quanto dos consumidores.

Inúmeras empresas adotaram a impressão 3D para prototipagem de produtos, o que tem causado impactos significativos na cadeia de suprimentos a nível global, sendo uma das tendências para o futuro da produção industrial.

Desenvolve, produz e entrega com mais agilidade

Com a impressão 3D é possível garantir muito mais agilidade, qualidade e escalabilidade aos processos, fornecendo às empresas equipamentos industriais e soluções personalizadas de acordo com as mudanças nas demandas dos clientes.

Essa tecnologia, além de trazer mais conectividade e inteligência aos negócios, tem contribuído para melhorar a capacidade de desenvolver e entregar soluções com muito menos tempo e recursos.

Preços competitivos

O avanço da tecnologia de impressão 3D também trouxe mais flexibilidade para atender o processo de personalização, reinventando a relação entre custo e margem de lucro.

Essa manufatura inteligente é capaz de fornecer dados em tempo real que otimizam as fábricas e o seu controle sobre o estoque, criando novos níveis de produtividade e preços competitivos no mercado.

Produção personalizada

Outro ponto é que as produções personalizadas possibilitam a construção de protótipos que diminuem significativamente os prazos da produção.

Além disso, auxiliam no avanço da linha produtiva e na fabricação de peças de reposição, que garantem mais suporte aos clientes de acordo com as suas demandas por produtos fora de linha.

Otimização do design

A impressão 3D também trouxe uma facilidade maior na otimização do design das peças, que podem ser personalizadas de acordo com as expectativas dos clientes, reduzindo custos, materiais e adiantando os processos de pós-produção.

Redução significativa dos desperdícios

Por fim, há uma redução considerável dos desperdícios dentro das fábricas, capaz de tornar uma empresa mais sustentável e competitiva por meio de diferenciais nos processos de gestão de resíduos e reciclagem industrial.

Quais vantagens a impressão 3D traz para as indústrias?

É claro que só por esses itens já podemos ver inúmeras vantagens da aplicação da impressão 3D nas indústrias, mas os benefícios não param por aí.

Uma das principais vantagens está na manutenção, que é uma área muito importante na indústria no que diz respeito às correções, prevenção e análises preditivas.

As entregas, portanto, passam a ter mais qualidade, velocidade e assertividade, otimizando toda a cadeia produtiva até o consumidor final, evitando atrasos e diversos outros impactos de um planejamento de produção sem a tecnologia.

Nesse sentido, as respostas aos desafios cotidianos passam a ser mais rápidas e seguras, agregando mais valor direta e indiretamente, mesmo porque a manufatura aditiva entrega peças muito resistentes e precisas.

Além disso, a impressão de metais, compósitos e polímeros altamente resistentes trazem mais precisão e liberdade geométrica ao método aditivo da manufatura, facilitando um equipamento plug and play de forma muito mais conectada.

Ou seja, com a impressão 3D é possível entregar peças personalizadas a qualquer momento, sem limitar a produção a um estoque físico ou de terceiros, trazendo muito mais eficiência operacional. 

Agora você já sabe o que é a impressão 3D e como ela agiliza o processo de fabricação. Para saber mais sobre como otimizar a eficiência operacional da fábrica leia nosso artigo.